Logo
Dr. Láwrency Gorayeb - CRO 758 RO
Especialista em Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial,
CLÍNICA BUCAL FACE
 
Mais que Sorriso, Qualidade de Vida!
 
Aceitamos
CLÍNICA BUCAL FACE      FRATURAS DOS OSSOS DA FACE
                                                                    TRAUMA DOS OSSOS DA FACE
 
Existe um número muito grande de causas para o trauma maxilo facial. Acidentes com veículos automotores, quedas acidentais, traumas devidos à prática esportiva, violência interpessoal, e traumas profissionais estão entre as principais, que podem causar desde pequenas injúrias aos dentes até injúrias importantíssimas e severas à pele, músculos, ossos e nervos da face. Conforme o tipo, as injúrias faciais podem ser classificadas como injúrias aos tecidos moles, (pele e gengivas), injúrias aos ossos da face (fraturas), ou injúrias a regiões especiais (como olhos, nervos da face, glândulas salivares , etc.).
As áreas de atuação do Cirurgião Buco-maxilo-Facial são:
Lacerações intraorais, Fraturas dentais, Fraturas dos ossos da face, Fratura de mandíbula, Lacerações labiais, Lacerações faciais, Dentes avulsionados, Tumores benignos e Correção de defeitos da face (Cirurgia Ortognática).
O tipo mais comum de injúria séria à face ocorre quando os ossos sofrem fraturas. Estas podem envolver: a maxila, a mandíbula, o nariz, o palato, as bochechas, órbitas, e podem ainda ocorrer de forma conjugada. Essas injúrias podem afetar a visão, a respiração, a fala e a salivação. O tratamento delas requer internação hospitalar na maioria das vezes.
 
                
INJÚRIAS FACIAIS
Os Cirurgiões especialistas nessa área são treinados no tratamento de grande variedade de injúrias à boca, face e maxilares. São especialistas no reparo de lacerações aos lábios e à face bem como aos dentes e ossos faciais. Tais especialistas são freqüentemente solicitados às salas de emergências para avaliar e tratar acidentados. Sinais e sintomas das fraturas de face :

· Dor.
· Adormecimento nos lábios,queixo, língua, nariz.
· Dificuldade ou impossibilidade de abrir a boca.
· Desvios de mordida.
· Afastamento visível entre as coroas dentais.
· Lacerações profundas sobre os ossos.

As técnicas de tratamento das fraturas de face são as mesmas empregadas para um braço ou uma perna quebrados. Os segmentos ósseos devem ser alinhados (reduzidos) e mantidos em posição o tempo que for necessário para total consolidação (estabilização / fixação). Isso leva às vezes seis semanas ou mais, dependendo da idade do paciente e da complexidade da fratura. As fraturas consideradas "simples", são tratadas por redução fechada, o que implica manipulação dos segmentos fraturados sem intervenções mais invasivas.

INJÚRIAS AOS OSSOS DA FACE
Vários vetores determinam a forma de tratamento das fraturas dos ossos da face, tais como: localização da fratura, severidade, idade e estado geral de saúde do paciente. O que difere de uma redução de fratura de um braço ou perna de uma fratura de face, para as quais foram desenvolvidas técnicas especiais de contenção.
As fraturas tratadas devem afetar minimamente a aparência do paciente.

INJÚRIAS AOS TECIDOS MOLES DA FACE
São resolvidas por técnicas de sutura desenvolvidas para se conseguir o melhor resultado cosmético possível. Medidas são tomadas simultaneamente para inspeção e se necessário reparo a estruturas subjacentes como nervos, glândulas salivares.
Todos os especialistas na área são versados em atendimentos de emergência, tratamentos de problemas agudos, reconstruções em longo prazo, e em tratamentos reabilitadores em pacientes vítimas de traumas faciais.

 
 
 
Rua: Gonçalves Dias, 768 "A" Olaria - CEP: 76801-234
Telefones: (69) 3223-6544 / 8411-9280 / 9995-9280 / 8100-8237